quinta-feira, 17 de junho de 2010

É hora de pensar e mudar...


Onde há riqueza, contrasta sempre a pobreza. Nossa realidade sempre desigual, parece não ter fim.
Já parou pra pensar... Quantas pessoas estão passando fome neste momento?
Quantas pessoas estão dormindo nas ruas? Ou até mesmo quantas pessoas procuram emprego, mas infelizmente por falta de informação e qualificação não conseguem o tal?
Acredito que já tenha escutado por aí que:

“NÓS SOMOS A GERAÇÃO QUE VAI CONCERTAR O CAOS EM QUE SE ENCONTRA ESTE PAÍS!”

Mas agora eu lhe pergunto:
 - O que você está fazendo para esta mudança acontecer?
Quantos núcleos de atividade social existem por aí... e qual você freqüenta? Qual a sua proposta de mudança para nossa sociedade? Não acha...  que está na hora de sair da frente da TV e fazer algo que preste? Sei que assistir Malhação é muito mais confortável do que levantar do sofá e botar para funcionar este cérebro, que por efeito das bombas de alienação jogadas sob nossas cabeças desde pequenos, está adormecido por trás das idiotices que algumas programações da TV apresentam.
Levanta! Não pense que a mudança virá sem ao menor tentarmos. Eu lutarei até o final, para que um dia meus filhos, netos, gerações futuras, possam olhar pra trás e ver que a realidade que eles têm, é fruto de um suor valioso, uma força de vontade imensa, luta e consciência de seus avôs, pais, e afins.
O reconhecimento que dou aos grandes revolucionários, que durante anos cravaram uma luta contra a desigualdade social, é o mesmo que espero ser lembrado há alguns anos ou quem sabe gerações.
Venha fazer parte desta luta!!! Una-se a nós e com certeza conquistaremos juntos, um lugar melhor onde se viver, não só para nós mas para todos que de alguma forma necessitam desta iniciativa.
 
"...A sua luta é a nossa luta caro leitor, a revolução começa na sua mente..."

Raul Diamantino



Link para essa postagem


5 comentários:

  1. Né certeza, as pessOas acham que somente reclamando, ficar na frente da TV indignados com que acontece no mundo(jornais) e assistindo coisas ilusórios fantasias(novelas), ao invez de ver a realidade em que vivemos, pensam que irão resolver algo sem aO menOs tentar lutar pelO que se acha certo...Espero que assim cOmO você existam mais pessoas que pensem igual ou ao menos parecido, porque assim quem sabe o mundo para de andar para trás...Parabéns...cOntinue firmee :)

    ResponderExcluir
  2. muito bom seu texto Raul pena que nem todo mundo pensa da mesma forma que voce, mais ta ae meu apoio pra voce seguir com seu blog quem sabe com textos como os seus as pessoas num reflitam um pouco e mudem suas atitudes :) By_ natalia *-*

    ResponderExcluir
  3. Boa reflexão irmão.
    Acredito que esperar uma revolução pela maioria é complicado, a lavagem celebral que acontece no povo brasileiro é feita de forma muito eficiente e grandiosa. Sendo bem sincero, parei de acredita numa revolução social, hoje sou mais adpto a revolução pessoal, de cada um. O mundo é muito cruel, destroe qualquer possibilidade de bem estar social.

    ResponderExcluir
  4. Em minha adolescência tentava participar de tudo e acabei ñ concluindo nada, mas é gratificante ver q tudo pelo q eu lutava naquela época q era ridicularizado, esta em debates e saindo do papel. Talvés ñ sejamos " a geração ", mas somos a continuidade da contra cultura de massa.
    Parabéns caros amigos(as)
    Somos a resistência!

    ResponderExcluir
  5. anderson...
    muitos de nos estão anesteziados e conformados, meros refem do sistema manipulados des do féto, eles estão esperando por um super heroi,mesmo sabendo que a qual quer momento podem arregassar suas camisetas e descobrir que tambem podem ser um, então por que não lutar? moradores de ruas crianças aqui no africa no mundo inteiro passando fome, é uma declaração de guerra contra minha pessoa.

    ResponderExcluir